Carregando...
Notícias

Medidas para comercialização do Licor de Cachoeira são discutidas

As Secretarias de Saúde, de Cultura e Turismo e de Serviços Públicos e a Guarda Municipal realizaram uma reunião na manhã desta terça-feira (02) com fabricantes de licor de Cachoeira para reforçar a proibição da comercialização do produto na sede do município e reafirmar a permissão da venda do licor no espaço próximo à Lagoa Encantada.

Durante a reunião, como medida de prevenção para os comerciantes, foi proposto pelo secretário de Cultura e Turismo, Cleydson do Rosário, que os fabricantes adotem mecanismos para otimizar o atendimento aos clientes. Dentre as sugestões, o secretário indicou que os produtos sejam vendidos de maneira prévia, através de contato por telefone, aplicativos de mensagem e transações bancárias, para que o cliente só precise retirar a mercadoria. No entanto, quando isso não for possível, o comerciante poderá realizar a venda através de pagamento por cartão de crédito ou débito, evitando assim o uso de cédulas.

No novo espaço para a comercialização do licor, não será permitida a venda unitária para consumo no local, nem degustação do produto, podendo somente ser feito o pagamento, para quem não conseguir realizar a transação bancária, e a retirada da compra. Os fabricantes concordaram com a proposta que foi apoiada pelas Secretarias de Saúde e de Serviços Públicos e pela Guarda Municipal.

A Prefeitura de Cachoeira montou uma estrutura de controle do fluxo de pessoas, com agentes de trânsito e guardas municipais que estarão a postos medindo a temperatura e, com apoio da equipe da Secretaria de Saúde de Cachoeira, fiscalizando o cumprimento das medidas de prevenção tanto por parte dos comerciantes como pelos clientes. Asseguramos que, uma vez descumpridas as medidas preventivas, a instalação do local será desfeita e a comercialização interrompida.

ASCOM – Prefeitura de Cachoeira